NOTÍCIAS

Tecnologia da UM com patente

A SOMATICA, Materials & Solutions, viu reconhecida a sua novidade pela concessão do seu pedido de patente pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).

Uma tecnologia da Universidade do Minho que se encontra a ser explorada por uma das suas empresas spin-off, a SOMATICA, Materials & Solutions, viu reconhecida a sua novidade pela concessão do seu pedido de patente pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).

A tecnologia foi desenvolvida por uma equipa liderada pelo Professor Senen Lanceros-Méndez, do Departamento de Física, da Universidade do Minho, e diz respeito a Filmes não porosos na fase beta de poli-fluoreto de vinilideno orientados, processo para a sua obtenção e respectivas utilizações.

Estes filmes poliméricos e o processo para a sua produção foram optimizados por esta equipa, de forma a serem particularmente eficientes na sua aplicação nas áreas electro-óptica, electro-mecânica e biomédica, como sensores, actuadores e baterias. A utilização deste material permitiria, por exemplo, desenvolver teclados flexíveis, para computadores ou telemóveis, écrans tácteis, ou mesmo têxteis inteligentes, estando estas aplicações a serem desenvolvidas pela SOMATICA, Materials & Solutions.

Neste momento a Universidade do Minho encontra-se a aguardar pela decisão dos Gabinetes internacionais, uma vez que o pedido de patente, foi estendido para outros países.

(Jornal de Notícias)

2009-10-01

VOLTAR